Raquel Cajão

Sou Mulher e sou Parteira. Acredito na Mulher, geradora de vida desde os primórdios da humanidade e daí, a sua capacidade de dar à luz (parir) de forma espontânea e natural. Defendo que cada mulher e o seu agregado familiar devem ser informados e apoiados nas suas escolhas. Aceito que a medicina convencional seja um suporte e um recurso obrigatório no momento certo. Estamos num tempo em que devemos valorizar as medicinas alternativas.

Sinto-me privilegiada em pertencer à APDMGP e poder contribuir para a mudança de mentalidades, para a melhoria de cuidados de saúde no Parto (assim como pré e pós) e para informação/ defesa dos direitos da Mulher no nosso país e mais além.