Respeito num parto por Interrupção Médica da Gravidez (IMG)

Perder um filho (que ainda carregamos no ventre) com dignidade e num ambiente acolhedor não devia ser um luxo mas um direito de todas as mulheres. O Rafael viveu apenas 14 semanas e 5 dias na minha barriga. Nasceu e morreu no dia 22/7/2017, às 18:20, depois de um parto induzido e respeitado que durou o tempo de que precisámos… exactamente 9 horas. Sem pressas. Sem comentários depreciativos. Sem atitudes agressivas. Seguindo o protocolo de IMG por indução. Sim, é possível isto tudo acontecer ao mesmo tempo. Às 12 semanas, na ecografia morfológica, levantaram-se suspeitas de malformações muito graves que foram depois confirmadas numa ecografia às 13 semanas. O resultado […]